Tecnologia

Entenda como a quarta revolução industrial impacta as empresas

dezembro 20, 2018
Entenda como a quarta revolução industrial impacta as empresas
Tempo de leitura 4 min

Desde a invenção da indústria, a humanidade já passou por três revoluções industriais. Agora, estamos face a face com mais uma delas. Isso significa que a forma como produzimos hoje passará por grandes mudanças em um futuro muito próximo. Está preparado para descobrir as inovações da quarta revolução industrial? Então, continue lendo esse post!

Onde tudo começou: do vapor à computação

Antes de começarmos a falar sobre a quarta revolução industrial, é bacana que façamos uma breve recapitulação histórica. A primeira revolução industrial — que realmente inventou a indústria e modificou os meios de produção — aconteceu na segunda metade do século XVIII, com o advento da máquina a vapor.

Esse acontecimento abriu caminhos para a urbanização e para o início da formação do mundo como conhecemos hoje. Após isso, diversas invenções começaram a acontecer, o que ocasionou a chamada segunda revolução industrial. Iniciada em meados do século XX, foi uma era de grandes avanços na ciência — que ocasionaram no início das grandes produções em massa.

Por fim, a terceira revolução industrial foi marcada pela invenção da computação, chamada era da evolução digital. Apesar de ter sido iniciada na década de 50, colhemos seus frutos até hoje, com tantos gadgets à nossa disposição. O modo como as pessoas vivem e consomem vem mudando constantemente.

Quarta revolução industrial: a era da inteligência

Como é de se esperar, uma revolução deve mudar uma sociedade em seus hábitos de trabalho e consumo. O intervalo entre as revoluções industriais foi sendo reduzido entre cada uma delas, e o que se espera é que as mudanças e avanços tecnológicos ocorram numa velocidade ainda mais avassaladora.

A Quarta Revolução Industrial é descrita pelo Dr. Klaus Schwab em seu livro homônimo. Na obra, o autor debate que a nova revolução já teve seu início na virada do século, com os avanços da internet — que deixaram o mundo muito mais conectado.

A linha entre a terceira e quarta revolução industrial é muito tênue, mas o que podemos afirmar, com certeza, é que a era em que vivemos se diferencia pela velocidade e alcance das informações, capazes de gerar impacto nas principais esferas da nossa sociedade.

O impacto no mundo dos negócios

Graças a essa conexão constante, a necessidade dos consumidores também está mudando. A aceleração da inovação gera a urgência de ideias disruptivas para o suprimento da demanda. Cada vez mais, as empresas têm que trabalhar com dados para antecipar tais necessidades e se destacar no mercado.

Pode-se dizer que o cliente está no epicentro da economia e, mais do que nunca, as empresas precisam buscar formas de melhorar como ele é servido. Isso é feito tendo a tecnologia como principal aliada em quase todos os processos — o que, sem dúvidas, modificará o formato das empresas, com cargos e profissões inéditas e o fortalecimento da área de TI.

O potencial de crescimento é muito agradável para a maioria dos setores. A demanda por mão de obra qualificada passará a ser ainda maior, com mudanças nos modelos de gestão, que passarão a ser mais eficientes e estratégicos.

As tecnologias e benefícios

Os benefícios dessa revolução começam com o aumento da produtividade, justamente pelo apoio da tecnologia. Máquinas eficientes (com sensores de última geração, inteligência artificial com indicadores de eficiência e compliance) já fornecem mais qualidade aos processos produtivos.

É só pensar no que já se tem disponível: a internet das coisas (IoT), computação em nuvem e Data Science. Espera-se que tudo isso evolua muito rápido daqui para frente. Fontes de baixo custo e sustentabilidade também são palavras-chave desse momento em que vivemos.

Na quarta revolução industrial, sobreviverão aquelas empresas capazes de se atualizar rapidamente, não importa a área de atuação. Agora é o momento de inovar e crescer!

Se você gostou desse conteúdo e quer ficar sempre antenado sobre o mundo dos negócios, é só deixar seu e-mail na caixa ao lado e assinar nossa newsletter!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up