Estoque

Descubra quais são os 5 principais erros na gestão de estoque

novembro 23, 2018
Tempo de leitura 3 min

O sucesso do cliente é garantido não somente com a qualidade do produto, mas também com a rapidez e eficiência com que esse chega em suas mãos. Manter um bom controle de estoque é essencial para obter um bom volume de venda e ainda por cima reduzir custos operacionais. Porém, alguns erros de gestão de estoque podem estar comprometendo seu negócio sem você nem ao menos se dar conta.

Por isso, fizemos aqui uma lista completa dos principais erros que as empresas cometem na hora de gerir seus estoques e como você pode evitá-los, identificá-los e solucioná-los. Para saber mais é só continuar lendo!

1. Não ter controle de entradas e saídas

Esse é um dos erros mais graves que pode ser cometido por uma empresa no que se diz respeito à gestão de estoque. A falta de controle de entradas e saídas torna impossível mensurar a quantidade exata de produtos disponíveis, aumentando o risco de excessos ou de faltas.

O melhor jeito de evitar esse problema é registrar todas as movimentações realizadas. Além das vendas e recebimento de novos produtos, é importante lembrar de registrar as trocas e devoluções. Quanto mais detalhado seus registros, melhor será o seu controle.

2. Não organizar e identificar os produtos corretamente

Para um controle efetivo de estoque, é fundamental que exista organização física dos itens. Eles devem estar separados por finalidade, característica e descrição. Detalhar a descrição dos seus produtos permite uma visão mais ampla e assertiva na elaboração de relatórios, tornando mais fácil o entendimento do fluxo de saída da sua empresa.

3. Não investir na automatização dos processos

Nos dias atuais é quase imprescindível investir em ferramentas de automatização. Sem elas, além de aumentar as chances de erro, demanda muito mais tempo dos seus funcionários. A lógica é simples: na correria do dia a dia, as pessoas podem acabar esquecendo de atualizar planilhas — e é aí que o erro do tópico 1 começa a acontecer.

Softwares de gestão de estoque, além de tudo, permitem o compartilhamento de dados em tempo real. Essa instantaneidade pode ser muito interessante na localização de produtos, preparação do inventário e integração com outros setores da sua empresa.  Diversas tecnologias, como RFID, já estão disponíveis para auxiliar no controle do estoque.

4. Não realizar inventários periódicos

Mesmo com o auxílio de ferramentas de automatização, fazer inventários periódicos é fundamental para uma boa gestão de estoque. Esse tipo de ação ajuda na prevenção de falhas do sistema e na antecipação de problemas. A periodicidade deve ser definida de acordo com o tamanho do estoque e a quantidade de movimentação.

5. Não investir na capacitação da equipe

Essa é uma etapa negligenciada por grande parte das organizações. Mas pense bem: do que adianta otimizar os processos e investir em softwares de automatização se você não tiver uma equipe que saiba utilizar essas ferramentas? É fundamental que o colaborador entenda como as tecnologias implementadas podem melhorar um negócio.

Esses são os principais erros de gestão de estoque. Consegue identificar algum na sua empresa? Pensou em outro que não listamos aqui? É importante lembrar que tanto excessos quanto falta de produtos são erros que representam desperdício de dinheiro.

Se você gostou desse tipo de conteúdo e quer saber mais sobre assuntos de gestão e administração, curta a página da Saraf no Facebook e siga nosso perfil no LinkedIn.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up