Ativos Intangíveis, Contabilidade, Gestão e Administração

Avaliação de bens intangíveis: importância e como é feita

janeiro 22, 2019
avaliacao-de-bens-intangiveis-importancia-e-como-e-feita

As organizações são compostas por bens tangíveis e intangíveis. O primeiro é mais fácil de ser mensurado, o que torna a prática mais comum. Mas, a avaliação de bens intangíveis também é muito importante e merece a devida atenção, mesmo que seja um pouco mais difícil de ser feita. Isso é o que garantirá uma valoração mais justa do negócio.

Pensando nisso, decidimos desenvolver um post para ajudar você com a tarefa. Descubra a partir de agora o que é classificado como bens intangíveis, as vantagens de sua avaliação e como mensurá-los, na prática.

O que são bens intangíveis?

CPC 04 (Comitê de Pronunciamentos Contábeis número 04) caracteriza os ativos intangíveis de uma empresa como propriedade imaterial de valor agregado. Ou seja, são bens não físicos, como créditos e direitos, que possuem valor de revenda e geram receitas para o negócio. Alguns exemplos comuns de bens intangíveis são: marcas, softwares, carteiras de clientes ativa, direitos autorais, patentes, metodologias e tecnologias.

Quando a avaliação é importante?

A avaliação de bens intangíveis é necessária para atender a empresa em diversos casos. Conheça os principais.

Negociações de compra e venda de empresas

Fusões e aquisições são estratégias comuns no meio corporativo e, se a sua empresa não possuir um laudo técnico bem estruturado sobre os bens intangíveis, terá dificuldades em negociar valores com os investidores interessados. A avaliação visa medir o valor real de mercado dessa categoria de ativos. Dessa forma, quando for vender parte ou toda a empresa, pode fazer ofertas mais certeiras.

Oferecimento de garantias fiduciárias

De tempos em tempos, empréstimos e financiamentos são realizados para cobrir dívidas e investir em expansão da empresa. Porém, como a prática costuma envolver valores e riscos altos, os bancos solicitam garantias. Nesse caso, a maioria das empresas deixa de conseguir um limite de crédito maior por não apresentar uma avaliação dos bens intangíveis. Então, faça a avaliação para ter opções de crédito mais relevantes.

Entrada e saída de sócios

A saída de sócios e a entrada de novos configura outra situação comum do mundo corporativo. O problema é que o cálculo da remuneração pode ficar impreciso sem a avaliação dos bens intangíveis, o que a torna necessária. O mesmo acontece quando a empresa vai abrir capital e criar um sistema de franquias. Todo cuidado é pouco, pois valores altos ou baixos de mais podem despertar desconfianças e criar uma imagem negativa para a gestão do negócio.

Como fazer uma boa avaliação de bens intangíveis?

O laudo de avaliação dos bens intangíveis representa um documento com validade jurídica e de alta credibilidade para os gestores e diretores da empresa. Nele, é materializado a existência e valor de tais ativos, reunindo dados, como caracterização, propriedade legal, histórico de titularidade, objeto social, diretrizes, metodologias e objetivos. Mas para isso, precisa considerar determinadas informações, Veja.

Valor de mercado

Faça uma pesquisa de mercado para descobrir o valor desses ativos hoje. O objetivo é saber quanto os investidores estariam dispostos a pagar por eles. Isso dependerá da lei de oferta e demanda e dará uma boa indicação do valor real dos bens ou direitos que a empresa detém.

Receitas geradas

Agora, quantifique as receitas geradas com os ativos intangíveis. Isso pode ser feito calculando as receitas recorrentes e a valorização dos bens com o tempo. Depois, faça uma projeção futura, ano a ano, até completar uma década. Tais informações devem formar uma base de cálculo para ajudar a materializar os ativos e seus respectivos valores.

Custos

Por fim, considere todo o investimento realizado para tornar o ativo o que ele é hoje. Isso significa calcular todo o valor gasto ao longo de sua vida útil, como valor da compra, da criação, do desenvolvimento e do aperfeiçoamento.

Como pode ver, a avaliação de bens intangíveis é de grande importância para os negócios, mas pode ser mais bem desenvolvida se tiver o apoio de profissionais especializados no assunto. Assim, terá sempre laudos técnicos bem atualizados.

Gostou do post? Aproveite para saber também quais os benefícios da gestão de ativos nas empresas!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up