Ativo Imobilizado, Gestão e Administração

Estratégias para cuidar dos ativos com a pandemia

março 26, 2020
Tempo de leitura 3 min

Iniciamos 2020 nos planejando e definindo nossas metas, tanto pessoais quanto as metas em equipe, porém não encontramos ninguém que tenha considerado em seu planejamento estratégico algo parecido com a situação que o mundo está passando hoje.

Algumas pessoas estão mais pessimistas, no entanto, percebemos uma grande maioria com ações rápidas para que a COVID-19 impacte o menos possível na economia.

Sabemos que são muitos os fatores que definirão o resultado disso tudo, mas temos que fazer a nossa parte, com foco em alcançar o nosso melhor resultado.

Por isso, a nossa postura por aqui é: espere o melhor, mas prepare-se para o pior. 

Espere o melhor
Devemos esperar que as medidas diariamente tomadas resultarão numa rápida retomada da economia. Neste sentido, devemos manter nossas ações em busca de atingir nossas metas definidas para 2020.

Isso não significa que elas poderão ser alcançadas com o mesmo plano de ação realizado lá no começo do ano. Sim, teremos que fazer adequações, mas lembre-se que cada um de nós é uma engrenagem importante para o funcionamento da máquina. Assim:

  • Se você planejou o inventário de ativos para este ano, reveja o cronograma. Existem formas de iniciar o trabalho, mesmo remotamente.
  • Continue monitorando as movimentações de ativos imobilizados, aquisições, transferências e baixas, adequando sua Gestão Patrimonial ao momento atual.
  • Mapeie os trabalhos que necessitam de atividade em campo, se você está em home office, faça um planejamento para realizá-lo assim que as organizações de saúde liberarem os deslocamentos, mas se você ainda estiver indo para a empresa, realize as atividades em horários que te possibilitam um maior distanciamento social.
  • Busque tecnologias para te ajudar nesse momento.

Prepare-se para o pior

Ainda não sabemos os efeitos reais que a pandemia irá causar na economia, o quanto afetará os empregos e os resultados das empresas.

Para nós que vivemos a gestão de ativos no dia a dia, se faz necessário entendermos que nosso papel é essencial e estratégico, principalmente em épocas de crise.

No final deste exercício contábil, a maioria das empresas poderão ter grandes variações em suas demonstrações financeiras.

Quem faz a gestão patrimonial precisa estar atento a todos os eventos para que possa reportar de forma transparente e segura. Por isso:

  • Observe se algum departamento será desativado. É possível que a demanda por produtos ou serviços ofertados pela empresa que trabalha diminua
  • Faça um levantamento dos ativos imobilizados que já estão em desuso e que podem ser vendidos, pode ser uma oportunidade de gerar receita. Alguns segmentos terão aumentos de demanda.
  • Crie estratégias para o estoque, mantenha o inventário em dia
  • Prepare sua empresa para realizar o Teste de Recuperabilidade dos ativos (Impairment Test).
  • No fechamento anual de balanço será necessário reportar se a empresa teve desvalorização ou não de seus ativos. Esteja preparado.

Diante do cenário atual, o mais importante é agirmos pensando no coletivo, entendendo o nosso papel e fazendo nossa parte para manter a máquina em funcionamento.

É tempo de conscientização e ação. Sem deixar a peteca cair.

A SARAF está preparando conteúdos sobre gestão de ativos que possam te ajudar a passar por essa fase.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up